Facebook.

Subida Vulcão Licancabur (2 dias)

Passeio disponível

Se você anular sua reserva até 3 dias antes do início da atividade, nós devolvemos 100% do adiantamento pagado para realizar a reserva.

Cancelamento sem taxa

Você por reprogramar sua reserva sem custo adicional até 3 dias antes do início da atividade.

Remarcação sem taxa

Suba junto a um instrutor profissional até a cratera do Vulcão Licancabur, localizado a 5.900 metros de altura. Subida de dificuldade alta.


Preço por pessoa:

CLP$ 300.000 por pessoa.

Horários:

14:00 a 18:00

Duração:

2 dias e 1 noite.

Mínimo de passageiros

Saída a partir de 2 passageiros.


Inclui:

pickup no seu hospedagem (zona urbana), transporte compartilhado, instrutor bilíngue (espanhol e inglês), alojamento, alimentação, bastões de trilha, bilhete de entrada no Reserva Nacional de Fauna Andina Eduardo Avaroa (150 bolivianos por pessoa) e capacete.

O que levar:

roupa de trekking, sapatos de trekking, chapéu ou boné para o sol, óculos de sol, protetor solar e água.

Não inclui:

seguro de viagem (recomendado).

Restrições:

não é apto para pessoas com problemas produzidos pela altura, não é permitido para gestantes, idade mínima de 14 anos e ficar pelo menos duas noites em San Pedro de Atacama antes de fazer o passeio, para se adaptar à altitude..

Política de cancelamento e reprogramação:

3 dias.

Se você anular sua reserva até 3 dias antes do início da atividade, nós devolvemos 100% do adiantamento pagado para realizar a reserva.


O Vulcão Licancabur, localizado na fronteira entre o Chile e a Bolívia, é um dos vulcões mais caraterísticos da área, devido a sua altura de 5.900 metros e a sua cima com forma de cone quase perfeito. Como tem um acesso muito difícil e de complexidade técnica, a subida é um desafio para os aficionados e experimentados do montanhismo. Sua subida percorre veredas cheias de pedra solta com um desnível considerável, pelo que se requer uma condição física excelente.


Roteiro

 

Dia 1

Vamos sair de veículo o primeiro dia de San Pedro de Atacama em uma viagem de 3 horas, aproximadamente, na qual vamos cruzar o deserto de caminho à fronteira com a Bolívia. No caminho você vai passar pela base do Sairecabur e o mirante de Los Hermanos, de onde é possível ver as lagoas Blanca e Verde no território boliviano. Quando chegar à base do vulcão Licancabur, prepararemos o acampamento, depois do que você vai fazer uma caminhada de aclimatação, para ficar mais preparado para o dia seguinte. Conforme você faze o percurso poderá testar sua condição física, além de aproveitar as vistas do deserto a partir da altura que oferece o local. De volta no acampamento, você vai ter o jantar e descansar muito cedo, já que a subida começa muito cedo no meio da noite do dia seguinte.

 

Dia 2

Às 02:00 da manhã você vai começar a subida, que dura por volta de 8 horas, dependendo do ritmo do grupo e as condições climáticas, claro. Você vai ter a oportunidade de ver o amanhecer durante a subida, o que vai entregar excelentes imagens durante essa parte da viagem. Você vai chegar ao cume do vulcão, a uma altitude de 5.900 m, onde além das vistas das montanhas arredor, do território boliviano e do salar do lado chileno, vai ver uma pequena lagoa formada na cratera do vulcão. Se as condições de tempo e físicas permitir, porque há que baixar e depois subir pelo mesmo caminho, poderá se aproximar e ver o que se considera parte da rota Inca onde se faziam sacrifícios. Depois de permanecer um momento no cume, tirar fotografias e descansar, você começará a descida até o acampamento base, para ordenar tudo e continuar o retorno até San Pedro de Atacama, onde termina a atividade.

 

*A chegada ao cume fica sujeita às condições físicas dos participantes e as condições do clima do local.

*Caso não seja possível subir pelo caminho que corresponde ao território chileno, vamos tentar alguma alternativa por território boliviano.

Cargando disponibilidad...

Suporte ao cliente


CLP$ 300.000
Reserve agora