Salkantay: o caminho alternativo para chegar a Machu Picchu

0
112

Como você já deve saber, a Tilha Inca é o circuito favorito para chegar a Machu Picchu, que atrai milhares de visitantes por ano devido a sua combinação de paisagens e ruínas espetaculares. Mas há outro caminho escondido, que mostra uma face desconhecida da área, passando por montanhas, muitas cobertas de neve, e lagoas. Salkantay te levará a paisagens incríveis e se a conectar com a natureza das montanhas sagradas.

EM QUE CONSISTE O CIRCUITO DE SALKANTAY?

Salkantay é um dos circuitos de trekking que levam a Machu Picchu. Esta rota abrange a parte sul da cordilheira de Vilcabamba, com suas belas paisagens que variam desde os pampas até a selva. Longe da aglomeração de turistas e das dificuldades burocráticas dos circuitos mais conhecidos, Salkantay oferece privacidade e autenticidade aos viajantes que se atrevem a fazer essa caminhada.

Com duração de 4 a 5 dias, este passeio visita diversas localidades do altiplano, além de lagoas, banhos termais e o famoso nevado Salkantay.

Laguna-em-Salkantay-Peru
Foto: Flickr / Felipe Ernesto

Uma das principais vantagens desta rota é que ela permaneceu “desconhecida” e, portanto, não há uma superpopulação de visitantes ou muito controle do governo. Tanto é, que você ainda pode fazer essa rota de forma independente, ao contrário dos circuitos mais populares.


Trekking Salkantay a Machu Picchu

INFORMAÇÃO E ROTA SALKANTAY

Duração: de 4 a 5 dias

Distância: 70 quilômetros

Dificuldade: Média

Trilhas: são bem sinalizadas, embora exista possibilidade de se perder

Altura máxima: 4.600 metros

Bilhete de entrada: 10 soles por pessoa

Melhor época: de maio a setembro

Rota verde: translado em veículo | Rota vermelhatrekking | Rota amarela: translado em veículo
banner-salkantay-machu-picchu-4

O QUE PODE SER VISTO NA TRILHA SALKANTAY?

Embora esta rota não tenha ruínas importantes, Salkantay é a opção perfeita para quem prefere tranquilidade. Além disso, você terá a oportunidade de testemunhar belas e variadas paisagens, nos 70 quilômetros que compõem a rota.

salkantay-trilha-machu-picchu-peru
Foto: Ferran Altimiras

Nos primeiros quilômetros desta aventura você avançará pela vegetação e pelos pampas andinos, chegando a Soraypampa, onde fica o primeiro acampamento. Perto deste lugar, você verá uma lagoa azul-turquesa chamada Humantay.

No segundo dia, você alcançará Abra Salkantay, ou apenas Salkantay, que é o local mais alto desta expedição (4.600 msnm). Esta subida é, sem dúvida, a parte mais extrema e bonita da viagem, porque você pode ver o nevado Salkantay na sua máxima expressão.

Humantay-trilha-salkantay-machu-picchu1
Foto: flickr / Nicolas Rénac

Nos dias seguintes de trekking, você descerá das montanhas nevadas até a selva alta. Lentamente a paisagem vai mudar do branco da neve para o verde da vegetação e de flores abundantes da selva. Você visitará cidades como Chaullay, Colpata, La Playa e Santa Teresa. Em Santa Teresa, você terá a oportunidade de visitar as Termas de Cocalmayo, onde você pode banhar-se e repor as energias para a caminhada do dia seguinte.

trekking-salkantay
Foto: flickr / andrew.jk

No último trecho, entre Santa Teresa e Aguas Calientes (cidade e ponto de partida para a cidadela de Machu Picchu), você vai caminhar ao longo dos trilhos de trem ao longo das margens do rio Vilcanota , a partir da hidrelétrica. Nesta parte da viagem você terá inesquecíveis cartões postais de Huayna Picchu. Quando você chega em Aguas Calientes, você estará quase aos portões da Cidade Sagrada de Machu Picchu.


Valle Sagrado y Machu Picchu

COMO FAZER ESTE TREKKING ATÉ MACHU PICCHU?

Existem duas maneiras de realizar esta rota: de forma guiada ou independente. Em ambos os casos, a aventura começa em Cusco. Se você fizer um circuito guiado com uma agência de viagens, você viajará de carro de Cusco a Mollepata. Se você for de forma independente, deve procurar o transporte coletivo que leva até lá.

A grande diferença de fazer com uma agência é que você terá um guia, reduzindo o risco de se perder. Além disso, se você contratar esse passeio você contará com ajuda de mulas e cavalos para transportar suas coisas.

banner-vale-sagrado-machu-picchu-2

Como esclarecemos no início, esse passeio pode ser feito sem qualquer tipo de permissão. Isso a transforma em uma boa opção se você não conseguiu reservar a Trilha Inca ou se quer economizar.

Importante: Lembre-se de comprar seu ingresso para Machu Picchu com antecedência, especialmente se você estiver com vontade de subir algumas de suas montanhas (Huayna Picchu ou Montanha Machu Picchu).


Tours a Machu Picchu
(Visited 115 times, 1 visits today)